Mapa - Tibete

Mundo  > Ásia > Tibete
Arquivo de computador (2,013 x 1,137 Pixel,  File Size : 533.03 KB,  Formato de arquivo : image/png)

201 x 113 Pixel |  503 x 284 Pixel |  1,006 x 568 Pixel |  1,509 x 852 Pixel |  2,013 x 1,137 Pixel

Mapa - Informação
em tibetano - o bodisatva da compaixão) dominou sobre uma grande parte da região tibetana. Durante boa parte deste período a administração tibetana também esteve subordinada ao império chinês da Dinastia Qing.

Em 1913 o 13º Dalai Lama expulsou os representantes e tropas chinesas do território formado atualmente pela Região Autônoma do Tibete. Embora a expulsão tenha sido vista como uma afirmação da autonomia tibetana, esta independência proclamada do Tibete não foi aceita pelo governo da China nem recebeu reconhecimento diplomático internacional e, em 1945, a soberania da China sobre o Tibete não foi questionada pela Organização das Nações Unidas.

Após uma invasão contundente e uma batalha feroz em Chamdo, em 1950, o Partido Comunista da China assumiu o controle da região de Kham, a oeste do alto rio Yangtzé; no ano seguinte o 14º Dalai Lama e seu governo assinaram o Acordo de Dezessete Pontos. Em 1959, juntamente com um grupo de líderes tibetanos e de seus seguidores, o Dalai Lama fugiu para a Índia, onde instalou o Governo do Tibete no Exílio em Dharamsala. Pequim e este governo no exílio discordam a respeito de quando o Tibete teria passado a fazer parte da China, e se a incorporação do território à China é legítima de acordo com o direito internacional. Ainda existe muito debate acerca do que exatamente constitui o território do Tibete (ver mapa à direita), e de qual seria sua exata área e população.
Mapa - Direito autoral
Creative Commons CC BY-SA 3.0 US  (Autor : NordNordWest)
Facebook
Mapa - Tibete
Mapa - Tibete - 2,013 x 1,137 Pixel - 533.03 KB - Creative Commons CC BY-SA 3.0 US
2,013 x 1,137  Pixel -  533.03 KB